Pós Eleições

1 de novembro de 2010
Memória
Autor: Carlos Drummond
de Andrade

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.
Nada pode o olvido
co
ntra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis

tornam-se insensíveis

à palma da mão

Mas as co
isas findas
muito mais que lindas
essas sim ficarão.

(Belo por do sol hein espigão?
)

E continua a viagem...

Nesse dia do espigão eu transformei uma bad trip em um sentimento de conquista, heroismo e vitória.
Foi mais ou menos assim:


Estavamos alí, eu e amigos curtindo aquela paisagem, aquele por do sol. E quando estavamos nos ajeitando para ir embora, eu peguei minha camisa que estava na pedra e puxei, não tinha visto que a erva tava em cima e caiu nas pedras.
Eu rapidamente disse "Caralho galera, derrubei a erva!". Todo mundo falou apenas "Que merda hein?!". E eu fiquei tentando pensar em o que fazer, e quando me levantei o celular caiu do bolso, a bateria e a tampa cairam nas pedras e o celular conseguir segurar. Caguei o pau!
Eu já estava em um bad trip louca, mas veio uma luz divina que me fez ver no fundo do buraco da pedra o branco da bateria. Não quis saber se e
u cabia ou não no buraco, entrei e logo vi que a erva e a tampa do celular, estavam também alí. Me estiquei ao máximo para pegar...
Primeiro a erva, em seguida a bateria e assim que levantei a mão veio a onda do mar e arrastou a inútil tampa. Quando eu vi aquilo tudo eu me senti um super-herói, no limite da hora exata eu peguei as duas coisas mais importantes que eu já achava que tinha perdido, foi uma sensação irada, não tenho palavras para descrever tudo que senti. Meu celular agora está meio doente da queda, o som está xiando, as vezes trava e também está sem tampa, mas não perdi a erva que me fez a cabeça nesse feriadão doido.

4:20 hora sagrada, venho já para terminar...

Vou Mudar de Assunto...

Veja em quem o google votou!



Nem com a ajuda do google deu pro Serra ;p

Vai aí um texto sobre uma reflexão.

Vale a pena uma leitura!


Eu acredito, ainda acredito!

Bem, como muitos devem perceber, nós vivemos em uma sociedade inibitória e preconceituosa, sempre já alguém te lembrando de algum motivo pelo qual você não pode demonstrar o que sente, ou mesmo o que se pensa (lembrando que quando digo, dizer o que pensamos, não quero dizer falar as coisas de qualquer forma), sempre há alguém dizendo que não podemos pensar, agir, falar, se expressar como gostaria.


Estamos sempre sendo inibidos, seja no trabalho, no convívio social, ou em familia. A verdade em que vivemos é essa, uma sociedade com preconceitos pelo diferente, pelo encomodo, onde gostar de algo fora do comum ou mesmo demonstrar os sentimentos, pode ser ridículo ou até mesmo crime. Se você se emociona por qualquer motivo que seja, pode ter certeza que haverá alguem pronto a dizer que você não deveria chorar, que isto não está certo.

E indo mais afundo ainda no assunto, a tal falada "Ética" profissional, quantos de nós nunca ouviu falar que para trabalhar temos que deixar nossos problemas fora do trabalho?? como se fossemos rôbos programados para deixar nossas preocupações e sentimentos da porta do serviço pra fora. Bem para essas pessoas eu digo, não existe isso, o ser humano sempre foi e sempre será regido pelas suas emoções, pelos seus sentimentos, até mesmo os que dizem não ter, não se enganem, nossas ações estão sempre paltadas em nossas emoções.

Nos sentimos acorrentados ao veto, ao proibicionismo. Mesmo depois de tanto tempo das batalhas dos homens que por nós fizeram, mesmo depois de tanta luta a favor da liberdade de expressão que hoje é repreendida constantemente pelas cabeças fracas de conhecimento, a luta não para. A cada geração, os revolucionários, os lutadores de direitos, os conquistadores... Vão diminuindo, mas sempre vai haver um que faça a diferença. E enquanto eu viver, eu vou buscar fazer essa diferença.
Pois quem gosta de incomodar, comodado na verdade estarás. (esse incomodar não é o incomodar de ser chato, insuportável, e sim alguém que goste de mexer no que está estagnado, bagunçar a padronização...)

Vamos parar de rotular as pessoas, parar de recriminar pelo seu visual, pelo seu diferencial, acabar com todo e qualquer preconceito que há dentro de nós (por mais difícil que isso seja, é possível) e passar a aproveitar as coisas boas que cada um de nós temos, pois só assim fazeremos uma sociedade unida e um mundo melhor.
Eu acredito, ainda acredito na humanidade!
Paz para todos, nós precisamos muito dela para viver melhor.
Em desabafo, Samuel Nascimento


Frase do dia


"Se procurar bem você acaba encontrando. Não a explicação (duvidosa) da vida, Mas a poesia (inexplicável) da vida." - Carlos Drummond de Andrade

3 Críticas:

  1. QUANDO FORÇAS ASSIM ESTAO EM JOGO
    NAO É BOM ENTRAR

  1. Nem com a ajuda do Google o Serra ganhou, mais eu acho q a Dilma não deveria ter entrado, ainda acredito q ela seja satânica mais o Vice dela o Michel Temer é satânico, ele tem até a marca na cabeça de qdo deu sua alma ao demônio!Sinistro!

    passa lá
    http://wwwmusicsworld-rafaella.blogspot.com/

  1. satânica? A pobe só é ateia. ;p

Postar um comentário

Expresse sua opinião

Visitantes online