NATAL acreditando na mentira

24 de dezembro de 2011

Hoje em dia essa data nada mais é do que uma mentira esfarrapada ainda seguida só por gostar de ser estúpido e para alimentar o sistema podre do capitalismo. Fazemos nossas crianças acreditarem em Papai Noel. Fazemos nossos adultos acreditarem que essa é uma data para ser solidários e unidos ("só algumas vezes no ano né... recebi meu 13º dá pra gastar" ãã) Parecem máquinas. Todas programadas.

Explicando essa data 

hoje podemos ver a estrela mais brilhante no céu Siriús, que em 24 de dezembro, alinha com as 3 estrelas mais brilhantes na cintura de Orion. Essas 3 estrelas eram chamadas de 3 reis (para nós conhecida hoje como 3 marias). Siriús apontam para o nascer do sol no dia 25 de Dezembro. Está é a razão pela qual as Três Reis "seguem" a Estrela Siriús, numa ordem para se direcionar ao Nascer do Sol. Exatamente como a história cristã. Sem criatividade basear-se no sol como deus né? meio clichê... mas ainda vamos acreditar que Jesus existiu. Afinal Inri está aí pra provar isso.



Feliz segundo dia da mentira do ano. Coma bem no jantar e não dê vexames.

O Sistema moneotário

20 de dezembro de 2011
Verdades em conflito,
Pessoas distantes
Em busca de um destino
Competitivo e repugnante.
Onde as almas se aprisionam
Em consumismo redundante

O mundo parece não ter mais solução.
Imundo, carece de paz e compaixão.
Enquanto estou a clamar por respeito,
Continuo a ver dia-a-dia preconceito
Pela visão diferente, pelo meu jeito,
Pela exploração da mente, onde tiro proveito
E consequentemente me curo das mazelas que sou sujeito
Por viver em uma sociedade invejosa do que é alheio.

Não consigo entender como um povo oprimido na ditadura
Passando anos de luta
Insiste em se curvar.
Precisamos questionar a imposição de conduta
Que mancha nossa cultura
E nos divide em classes para nos matar de trabalhar.
E enquanto a burguesia enriquece cada vez mais,
Nossa alegria é vendida para alimentar a sua paz.
O conformismo vai tomando conta da maioria
E as novas gerações vão ficando sem qualquer ousadia.
Ainda verei um sistema igualitário?
Ainda verei um mundo bom sem ser imaginário?

Converso comigo mesmo, sincero
Sintonizado a um elo com o universo
E este ser me diz para viver
Independente do futuro
Pois jamais alguém vai entender
A distância que o homem mantem de tudo
Com seus planos e apegos materiais
Vivendo competindo
Tendo e querendo mais
Padronizando todos os caminhos
Ditando regras para ser.
Ecoa nos ouvidos  'por quê?'






Mesmo instante

15 de dezembro de 2011

Um suspiro trouxe-me o alívio
Uma vontade levou-me a uma decisão
De propor sempre uma dose a mais de carinho
Para aninhar seu coração.

Além do corpo e da alma, eu tenho mais a oferecer
Um encanto novo, um pouco do todo
Para você felicidade ver
No sufoco vem depois a calma e já é hora dela viver
Dá sentido ao sentimento. Direção ao vento
E resposta para os 'porquê'.

Espero ver sorrisos, agradecimentos e reciprocidade
E que enfim o destino nos carregue para longe da cidade
Onde possamos ver o mar, sentir o vento e gozar a mocidade
Fazendo a cada momento a hora da verdade

Esquecer que o amanhã virá e que o passado se foi
Pois o agora se passa e o depois sempre fica pra depois
Então curta comigo
Essa lua. Esse abrigo
E que cada momento interrompido
Que seja por outro mais sucedido
Um beijo ofegante, ou dois sorrisos
Ou pelo o mesmo instante agora repetido

Idílio

14 de dezembro de 2011
Tu és tão linda, corpinho cocaína,
Rosto de princesa, olhar de uma deusa,
Sabe como ninguém me tirar do sério,
Teu sorriso me eleva,
Há minha ruivinha se eu tivesse esses olhos ganharia o mundo
Mas que bom você não quer nada disso
Talvez porque nada disso faça sentindo.
Só você é meu êxtase, só você não me passa de ilusão.

Se quando tu passas o mundo para
Tudo gira ao teu redor
E nem sei onde estou com a cabeça
A achá-la tão distante de minha realidade,
Oh liberdade que sinto em vê-la
Invada-me e me faça perder esse medo,
Que todos os momentos sejam perfeitos
Enquanto tentar conquistá-la.

Há minha heroína,
Com você tudo fica tão lindo
E eu perdido em mim mesmo a tua procura
Só pra provar de todo o teu prazer,
Só pra me fazer viajar
No teu corpo, no teu rosto, no teu olhar.

-Nildo Jr



A Malícia e o Sonhador

7 de dezembro de 2011


Se és maldoso ou se és lascivo,

É teu e só teu esse torpe intento.
O outro ao teu mal é prestativo
Constante prazer e somente instrumento

Uma noite, duas ou três
Amor nem mesmo uma única vez
Tão insaciada e incontinente
A prova de que não sabe ser decente

Acalento então a uma nova procura
Por um tempo de prova e loucura
Loucura de amor e vivência de desejos
Propenso a dor, carência e um novo enredo.

Paixão moderna

4 de dezembro de 2011
Rotularam o amor e o compromisso. Cinematografaram e induziram um acontecimento que devia seguir um curso natural, leve e espontâneo. E além disso, quem não segue o padrão é taxado como quem não quer nada, quem não leva a sério. O amor não é o que mostramos para a sociedade. É o que sentimos e demonstramos um para o outro. Enquanto estão pensando em fazer provas de amor, comprando sentimento e prazer, a verdadeira ternura do amor jamais prevalecerá e suas provas irão lhe cansar até chegar a hora que perceba que não existe amor, e sim vontade de ter, possuir. O toque, a sintonia e a reciprocidade são simples e belos. E é assim que se conquista, não com flores e dedicações em público. Olho por olho, o sentimento que escolho.

Conversa de roda

1 de dezembro de 2011
Diálogo entre dois amigos. O primeiro será batizado de e o segundo de Aiel.

Ué - No dia que dobrarmos a linha reta do tempo voltaremos ao 'passado'. Ou um tempo que não existiu. Ou a um lugar que poderia existir se caso o eu (ser humano) tivesse voltado e interferido no acontecimento. Ou pode até mesmo ir ao vácuo da vida, o breu eterno.
Aiel - Vixi é o inferno.
Ué - Marroia. É não. São só probabilidades viáveis que é impossível, pelo menos no momento, de fazermos. Eu penso até que os extraterrestres poderiam ser nós do futuro voltando no tempo pra nos observar, ou talvez mudar um provável fim do mundo, sei lá.
Aiel - Cof cof... que nada, quem sabe os nossos tataranetos consigam domar a 3D e entrar na 4D, né não? Eles vão ver a gente pensando nisso...
Ué - Pois senta ai e espera eles chegarem.
...
Aiel - Égua é impossível até pros tataranetos ;/
hahahahaha
Ué - É só questão de fé, tudo no mundo pode rolar, cara. Por isso a gente teve esse silêncio esperançoso.
Aiel - Vai bixaozão ateu das fé.
Ué - Ateu? sabe o significado dessa palavra?
Aiel - Vixi, lá vem... Vai fala.
Ué - o A é a primeira letra de todos os alfabetos que deram origem ao nosso. Tem como significa a palavra ORIGEM, antes...
Aiel - E??
Ué - Calma, deixa eu terminar.
Aiel - Resuma por favor.
Ué - Aff, são poucas letras. Mas vou resumir.
Aiel - Por favor!
Ué - A = ORIGEM, TEU= o que pertence a ti.
Antes de haver 'aquilo' que é propriedade sua, já existiu o que é de 'minha posse'.
Aiel - é o quê?
Ué - Nascemos ateus. A nossa crença nos é dada na escola, na família. Quando ainda não sabemos distinguir o que existe e o que jamais existiria.
Aiel - O cara fala de tempo, alienígena e religião de uma vez. Caraio!
Ué - E ainda com lição, tem que aprender!
Zé - É né. Moral da história : Doido viaja.
Ué - Oh o doido.

Avaliando um crítico no espelho

22 de novembro de 2011
Diante do dia de comemoração do nascimento, sinto ainda um vazio. Talvez pela falta de um irmão. Talvez pela rotineira repetição. Os meus pés permanecem no chão e quando eu ouso tirá-los, difícil é por novamente. A cabeça não para de criar ilusões. Desejar emoções. E não esquecer das feridas. E ao pensar nelas, a dor é maior, pois Todas são lembradas ao mesmo tempo. Parece que tudo que é feito por mim tem algum efeito negativo para alguém. Não gostaria que fosse assim.
Não sinto ascensão. Me critico cada vez mais. - Covarde! - Impostor! Quem dera eu alcançar aquilo que sustenta a felicidade. Depois dela, vem sempre o peso na consciência. E está cada vez mais pesado. Parece uma loucura, mas não consigo não ficar para baixo. Sorrio, rio, abraço e beijo. Mas continuo me sentindo vago. Errante, impreciso, sem certeza e confuso. Creio que dentro de mim além do amor túrbido vive o ódio profundo. Ódio de não saber como lidar com a Emoção. Ódio de não controlar a mim mesmo pela Razão.
Mas sempre passa. Isso é ser humano.

Frase do dia -
"O mal de quase todos nós é que preferimos ser arruinados pelo elogio a ser salvos pela crítica." - Norman Vincent Peale
"Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passam de um sinal de que estou indo contra minhas verdades. Hoje sei que isso é...Autenticidade." - Charles Chaplin

Sam Nativo

Você...

7 de novembro de 2011


Você sabe o valor que a vida tem, mas ninguém lhe leva a sério
Você é o fruto de um amor que não deu certo
Mas mesmo assim insiste em amar e fazer diferente
Na ilusão de que as coisas um dia irão mudar
Você é a alegria e tristeza em um só gesto.
Uma estrela solitária no universo.

Você é quem escreve esses versos
É aquele sem caminho em um futuro breve e incerto
Suas lágrimas muitas vezes foram em vão,
mas o que aconteceu de bom sempre vai ficar guardado no coração
Que hoje é triste, abrigando mentiras, ilusões e decepções.

-Nildo junior








Elevada Energia

14 de outubro de 2011

O teu sabor me traz a paz
Ilumina a força dos astrais revelando seu poder
O teu amor que venero, satisfaz
Guia ao que jamais um dia vou esquecer
Com a sua luz eu me renovo
Você me conduz ao que exploro
E assim me solto e volto a ser criança
E com relevância, sigo com esperança
De traga-la novamente. Uma nova mente.
Convincente da calma. Existente em duas almas.
Unidas. Sentidas e interligadas.
Pela mesma e elevada energia.
Chamamos de alegria.
Felicidade compartilhada. Redobrada.
Misturando poesia com prosa,
Com o que fica e o que não volta,
O quê pratica, pensa e se gosta.
A saudade querida
Que ferida vira, no coração que se revolta.

Sam Nativo

Fazer arte é crime! Roubar é arte!

5 de setembro de 2011


A indignação bate no peito e a falta de respeito lagrimeja o meu coração.
Este vídeo demonstra o quão baixo o sistema é. Maltratam quem quiser. E quem quer ganhar a vida só, com o seu talento, sua
arte, são marginalizado, e obrigado a dependência e ser escravo da demência dessa 'verdade'. Banalizam a cultura e o artesanal. Julgam pela postura na vida social? Não. Creio que não. As pessoas que são mostradas nas imagens são melhores que eles, que destroem todo o trabalho dos insolados. Que resistem a corrupção. São roubados, desrespeitados e ainda tem de ficar calado? Tem de gritar, Estupefator! Não precisamos de seu amor. Só de um favor - Trabalhe para a segurança! Trabalhe sem governança. Tanta ignorância Se manca!
Não precisamos de autorização para trabalhar. Nem para viver e nem para indagar.
Enquanto roubam e exterminam o direito para impor medo, e ainda publicam informações distorcidas, suas vidas se transformam em afeições falidas. homicidas!
O suor e o frio de dormir na rua não só é mais revoltante que a tua postura, como nos mostra de quem é a culpa de tanto ódio sórdido. Conduta? Só hipocrisia, aleivosia, monotonia e exagero de capitania. A luta há de continuar. Quem tiver coragem de bater de frente continuará com a espada da mente. Com a verdade consciente. Então leitor, sente e esquente essa revolta. Esse clamor. O poder de questionar é de todos os incomodados. Devemos incomodar e não focar acomodado, calado ou conversando com a tevê. Tem que ser. Ver e dizer aquilo que não quer para você. Sofremos e não vemos que a culpa não é da pobreza e nem de favela, é da nobreza que nos cela e nos induz a manipulação imposta por ela. Proibicionistas, sensacionalistas, conservadores que causam dores. Cinismo,consumismo e conduta à ditadura.






Isso acontece não só com os artistas de rua, como todos os pobres e favelados deste país. Como se constrói uma favela? Muitos pensam que é fruto já do tráfico e da marginalidade. Mas não, Os prejudicados e mal vistos na sociedade, como qualquer outro grupo social, se unem para criar o seu lar, sua comunidade. E com o sistema da educação ridículo que temos, o chamado 'povão' é induzido a ser um subprodutivo, excluído e indigente. E as mentes acabam que armando formas de ganhar poder. E é daí que surge o tráfico de drogas. Com drogas ilegais e com demanda excessiva mundialmente, o dinheiro fica fácil. As oportunidades limitadas os levam a essa atividade (comercial). E como tudo isso não é legal e melhor controlado, os que não são, muitas vezes, nem alfabetizados são obrigados a se armarem contra os inimigos que invadem a sua comunidade e as amedrontam, matam, massacram, trucidam e exterminam. Não é ser favorável ao tráfico ilegal de drogas. E sim pensar em uma sociedade menos severa e com menos desigualdade.
O sistema então convoca a sua melhor forma de manipular. A mídia burguesa mostra para todos (ricos e pobres) que a polícia está fazendo o seu trabalho, que devem dominar a todo custo um território de ilegalidade, exclusão e segregação na sociedade. Necessidade de demonstrar poder. Fazer do trabalho uma forma de impor. Alimentando a raiva, a ignorância e uma vida sem cor.

Com uma arma na mão eles se acham melhores. Usam como se fosse brinquedo e esquecem que são só mascotes dos sacerdotes maiores.
O próximo vídeo explica em imagens toda essa nossa indignação. Revolta de ser humano, contra o dano dos tiranos. Profanação!
Invitam o exército que sem qualquer mérito atiram, oprimem, transgridem a ética e a filosofia céptica.









A música a seguir finaliza a primeira parte dessa indagação. (A segunda parte será escrita pelo Nildo Jr.)


<;

DIVULGUEM!

Um oferecimento ao
http://belezadamargem.wordpress.com/ , os autores, o câmera anônimo e corajoso do segundo vídeo, e a todos os mártires resistente dessa vida suja e impura.

em desabafo, Sam Nativo.

Dentro da atividade aérea do cérebro

31 de agosto de 2011

A despedida voltou, a saudade partiu.
Perdeu o amor. A fumaça surgiu.
O fogo acendeu, a babilônia caiu.
O novo venceu e viveu no mesmo vazio

...No Vácuo do passado.

O vento da piedade arremessa pedras de indignação.
O tempo da verdade difere do calendário cristão.
Estupidez com nitidez. Talvez inibe a timidez.
Frases perdidas e livres versos.
Chances da vida. Errado ou certo.

Pau. Pedra. É o fim do caminho
É o 'quero' do tolo. É o esperto sozinho.
São as quedas do passo e a falta do pão
A promessa de vida amputando a razão.

O coração jamais ver, mas a mente integra.
A abstinência do ter à possessão reversa.


De volta às poesias.

Frase do dia
Não aponte o dedo seu no olho meu. Ele enxerga o que você esqueceu.

Samuel Nascimento

Explicando o ato pueril

9 de agosto de 2011
Vejo que a demência e a indecência atingiu o senso e o juízo de alguém.
Ao ver o design deste blog percebes que está bastante alterado, como se um cracker (noob) estivesse invadido-o. Porém não há perigo nisso, não foi um cracker, nem os homi e muito menos um hacker, mas sim alguém de um psicológico afetado pela infantilidade. Digo isso porque estou bastante familiarizado e acostumado com esse tipo de atitude dessa pessoa. Nós deixamos que ele escrevesse no blog, pelas suas boas ideias e pelos seus ótimos textos, mas por que causa preferi agir de maneira vergonhosa e de má fé?
Não sei quando que esse párvulo jovem perceberá o quão estúpido está sendo ao fazer algo relacionado a esse nível. E nem mesmo me preocupo com isso, pois todos tem seu limite, e eu estou faturado de joguinhos de palavras e atitudes mesquinhas. Espero que um dia demonstre retidão em seu caráter e mude isso, pois eu , já não mais tentarei lhe dizer o que diabos está fazendo e nem mais procurarei lhe entender.
A razão de algo desse tipo não me entrará nem com uma bíblia sagrada.

Peço desculpas à todos que pouco entenderam isso. Na próxima postagem tudo será concertado. Até porque deixando da forma que está, vocês poderão tentar interpretar melhor o todo.

Samuel Nascimento

A cada geração. Novas ideias. Disse algum aprendiz.

4 de agosto de 2011





Ao clicar em entrar fará parte de uma ideia diferente e também com um sentido análogo, cujo o assunto interliga com o título, a imagem e com o todo. Sempre fazendo alguma acepção com qualquer filosofia. E claro, não perdendo o foco, nem a dignidade de atenção. Inspirando, atraindo, provendo de estigmas e seduzindo. De uma forma usada para o bem. E essa é a tendência e essência da vida. Passar conhecimentos para os nossos filhos, nossos 'aprendizes' para que um dia ele ultrapasse o seu EU. E Intrigue mais. adeque mais. se adapte melhor e expanda suas percepções mais preceituada que vos acreditava. Quando o mestre é superado pelo aprendiz é o momento em que o mestre percebe que a sua doutrina foi filtrada. E a valorização e conscientização do aprendiz entra após isso em questão e teste. A constante prova que permite conhecer e avaliar as aptidões de um indivíduo, ou explorar-lhe a personalidade. Mais uma dádiva de um mestre.

Frase desse dia. dessas ideias. minha. e nossa:
"Encante, cante. pense, tente. Faça, aja. Assim o fato de saber que sua parte foi feita lhe dará a 'paz' e o 'conforto' para uma morte, ou uma vida tranquila, por exemplo." Sam Nasceu.

(obs:o link naõ precisa ser lido todo. até porque há pontos que discordo. mas achei bastante construtivo e interessante ler os 5 passos de alguém que acredita que aquilo é fundamental. ou/e até uma ideologia.)

Um pouco do que sou #1

30 de junho de 2011
Frenético, exagerado, bom humorado, consciente e amigo. Em mim se combinam a inteligência e a paixão, resultando isso numa frenética busca de envolvimento em algo que seja importante, que possa fazer alguma diferença aos olhos das outras pessoas. Através dos sonhos e da fértil imaginação produzo situações de valor no relacionamento com o mundo invisível. Porém de imaginação não se vive apenas, realizar as fantasias é uma obrigação. Racional, metódico, e ao mesmo tempo uma torre de emoções. Temperamento calculador e com grande senso de justiça e praticidade. Experimentador, apreciante eterno de aprendizagem... Isso é um pouco do que sou...

To be continue ;D

Samuel Nascimento

IMAGINE

29 de junho de 2011

Estava alí. Olhando você da melhor forma possível. Da forma que criei, do jeito que te transformei. Dei-te flores do meu amor. E você, que “coincidência”, aceitou. Agradeceu por enfim sentir a vida. E guardou a sete chaves a nossa alegria. De um dia que vivemos, de um dia que criemos. Então Imaginemos...


Frase do dia

"Valente antecipa o seu próprio fim" - Originais do Samba

É fácil quando se quer. Samuel Nascimento

Confusões de palavras

28 de junho de 2011

De acordo com a minha percepção, entendi que nunca tudo que digo é realmente tudo o que eu queria dizer. Isso é até fácil de saber, porém há diferença entre saber para compreender. Não adianta eu saber se eu não compreendo, não adianta conhecer sem praticar. E agora, eu sei e compreendo isso, e vou parar com essa intrigante persistência de querer melhor explicar algo que eu já disse e ficar sempre acrescentando comentários, observações (e etc) em algo que já foi dito. Por mais que eu queira me expressar da melhor forma, nem sempre irão entender do jeito que eu esperava e nada adianta continuar expondo mais fatos para que aquele(s) que não entendeu (ram), compreenda(m). Percebi que gastei palavras ao tentar construir uma impressão que na verdade não era a que eu estava passando. A impressão que ficou foi justamente a que eu temi que tivesse. Enfim... é árduo para você compreender e por mais que eu fale, fale, fale, como eu mesmo já disse, você vai saber, mas dificilmente entenderá.

Frase do dia

"Nos demais, todo mundo sabe, o coração tem moradia certa. Fica aqui bem no meio do - peito. Mas comigo a anatomia ficou louca. E eu sou todo coração." - Jorge Mautner

Quando o tempo passar os sentimentos irão curar as feridas que a saudade, a má impressão e a sensação de "pré-sentir" deixaram. E tudo fará mais sentido, e tudo cicatrizará. E riremos, quando o tempo passar, veremos que TUDO não era tudo, tudo era nada e o nada transmutará para tudo, se tornando um ciclo viciante de ideias surreais e uma nova acepção de verdade.

Samuel Nascimento

Faço dessa música minhas palavras.

26 de junho de 2011
Retrato Pra Iaiá Los Hermanos

Iaiá, se eu peco é na vontadede ter um amor de verdade
Pois é que assim em ti eu me atirei
e fui te encontrar
pra ver que eu me enganei...

Depois de ter vivido o óbvio utópico,
te beijar, e de ter brincado sobre a sinceridade
e dizer quase tudo quanto fosse natural...
Eu fui pra aí te ver, te dizer:

Deixa ser, como será!
Quando a gente se encontrar
No pé, o céu de um parque a nos testemunhar...
Deixa ser como será!
Eu vou sem me preocupar.
E crer pra ver o quanto eu posso adivinhar...

De perto eu não quis ver
que toda a anunciação era vã
Fui saber tão longe,
mesmo você viu antes de mim
que eu te olhando via uma outra mulher
E agora o que sobrou?
- Um filme no close pro fim

Num retrato-falado eu fichado,
exposto em diagnóstico
Especialistas analisam e sentenciam: oh não!

Deixa ser como será!
Tudo posto em seu lugar
Então tentar prever serviu pra eu me enganar.
Deixa ser, como será!
Eu já posto em meu lugar
Num continente ao revés,
em preto e branco, em hotéis.
Numa moldura clara e simples sou aquilo que se vê


Ouça e a tenha como minhas palavras, pois é só o que eu quis te dizer e até tentei, mas mesmo sendo o mais claro possível não consegui tirar a impressão do que ficou. Jamais pedi demais, jamais exigir algo. Abraços de carinho e respeito para você e também aos leitores do blog.
(falando em retrato pra iaia, ainda vou fazer o seu quadro com o papelão q deixei ai, só nao sei a data rsrs)

Frase do dia
Fico com essa - ""Prazeroso e sofrido enquanto for aprendizado"
Samuel Nascimento

Ponto.

24 de junho de 2011

Dizer-te os meus pensamentos. Aninhar nos braços teus. Viver de sentimentos. Lembrar do que esqueceu. Sua pele acariciar. Sentir o aroma de seus cabelos. Ir e depois voltar. Esperar pelo seu beijo.
Incerteza. Sacrifícios e vontades. Clareza. Vícios. Dizer a verdade. Decisões. Irresoluções. E os prazeres mais íntimos. Sim, nós sentimos.
Perturbando suas idéias. Confundindo os nossos anseios. Curando as mazelas e correspondendo aos seus devaneios.
Vivo. Crio. Labirinto. Instinto. Amor. Pressupor. Ser. Nós dois. Deixar pra depois. Ser pontual. Está pronto. Leal.
Sorriso. Indeciso. Improviso e Sobreaviso. Avisto. Você. Em mim. Sem querer. Sinta. Sina. Minha. Menina.
Paciência. Experiência. Persistência. Inocência. Jamais esperar. Pela decadência.

Frase do dia

"Será pra sempre lindo. Será pra sempre feio. Não será sempre incompleto o que terminou no meio" - Forfun

Expresse seus sentimentos, as palavras são a pele que compõe a sua decisão, Samuel Nascimento

Introduzindo ao conhecimento da Filosofia

23 de junho de 2011
Existem Pessoas que só acreditam vendo. Jah eu, acredito sendo. Vivo, ensino, aprendo, erro e compreendo. Dou passos leves e falsos, mas me equilíbrio. Em algo me sustento, em algo me agarro. A mensagem passar, tento. Ao passado passo, ao presente vivo, e no futuro enxergo planos de um tempo que tentei um dia não esquecer... escrever... ver.
Sou Rei. Mestre de mim mesmo. Deus. Zeus. Os Eus. Eus Eu. Parece até simples entender a complexidade do universo, da vida. A cada passo dado, infinitos são deixados para trás. Cada ação uma reação, cada sequência, consequências, advertência de uma ciência viva na inteligência da existência de cada ser pensante, de cada Deus seu/meu/eu. A natureza viverá no meu sangue, nos meus sentidos e em tudo que penso. Deus. Eus. Eu. Existo

Frase do dia
"Eu paro agora pra falar que eu andava em confusão. "Oi!" Com o meu próprio Eu, vivendo desilusão" - Ponto de Equilíbrio


Paz e verdade. Samuel Nascimento

O que será que será?

21 de junho de 2011
Nem tudo que penso, digo. Tudo que digo, de fato penso. E as coisas que eu penso em dizer e não digo, carrego como um amontanhado de sentimentos que me fazem sempre me pergunta "E se?". Eu me equivoco com idéias que crio na qual acabo fazendo conspirar a favor tudo aquilo que quero, aliás quase tudo (eu ainda não tenho o que realmente quero). Isso só me faz acreditar mais, mesmo havendo sempre a possibilidade do "Talvez nada que eu pense é o que essencialmente é". Eu, de verdade, tive uma percepção diferente na primeira vez que li o que você pensou em dizer, e escreveu. Era do jeito que eu queria entender, que eu queria que você me dissesse. Porém ao reler suas palavras, aquela percepção inicial mudou, aquela intuição que antes tinha, agora é outra. Honestamente venero o mistério que há em ti. E me acho cada vez mais um iludido pelo seu poder. Queria eu, poder ter, ter-ti, ter o poder, o poder de ter sem precisar dizer que é você a felicidade a qual me sinto mais a vontade para sorrir.
É isso que queria, novamente, lhe contar, espero que entenda-me, Preciso expor mais alguns fatos e narrar melhor o conto de amar. Brincando com o demasiado e o quase nada, com as palavras que fazem do amor algo elegante e ao mesmo tempo intangível, e sempre parecendo que há receios e medos de amar, não entendo, é justo ele que nos faz sermos nós mesmos. E algo mais...

Frase do dia
"2 são 3, eram 2, mas virou 3, mesmo 1 querendo que fosse só 2, 1 queria que fosse 3 e outro não queria nada talvez." - Samuel nascimento

Meu amor por ti.

Ouvindo essa música (que espero que ouça e acompanhe a letra) eu me pego pensando. E tudo começa a fazer e perder o sentido ao mesmo tempo...



"Você ver meu amor? Como o ver? Penso que você não o ver como eu o vejo. Você enxerga ele da forma como aprendeu de lidar com ele. Você ver o meu amor por você? Como o ver? Sou consideravelmente um amigo seu, não sou? E até onde vai o amor de um amigo? Até um beijo no rosto que de uma maneira se torne mais forte e demorado, como um pedido de mais afeto? Até um abraço apertado de "obrigado pela sua companhia e por mais um dia feliz" e também já de despedida, com o sentimento de "você vai, mais me deixará algo" ou "eu vou, mas deixarei algo"? esse algo, eu pensei em várias possibilidades em que ele poderia se encaixar. Mas a que melhor fez sentido (pelo menos para mim) foi que ele é o amor. Aquele que você ver (metaforicamente falando), que eu nem sei direito como é. Espero que seja como eu quero. Na verdade, eu não espero nada. Eu só quero que você diga-me o que realmente senti. Defina-me o seu amor."

Frase(s) do dia

"Ah que lindo é o amor, o amigo chegou trazendo a paz."
"Palavra, pensamento e atitude em comunhão." - Ambas do Forfun


Se você (seja você quem for) achar que é para ti, responda-me por favor. Talvez VOCÊ seja quem eu quero que me defina o amor. O seu. Para mim.


Samuel Nascimento

Visitantes online