Hora de Ser Livre

11 de janeiro de 2011
Autor: Samuel Nascimento

Aqui estou

Sempre procurando em dificuldades a solução
E nem sei mais se eu posso contar
Com todos que me fizeram pressão
Para eu buscar, para não desistir
Das coisas que me dizem ser importante lutar

E agora sou
A mudança que quero para combater a ilusão
De um mundo bom, de pessoas unidas por natural
Tudo sem noção, fora do lugar, anormal
Tudo aqui é programado, é um mundo muito ditado
Povo marionete que se submete a todo tipo de humilhação

E agora já é
Hora de jogar tudo para o alto
É tempo de fé e esquecer o passado
E agora ja é
Hora de rever os meus conceitos
É tempo de não mais sentir nenhum medo

Com a mochila nas costas vou seguindo
Sigo o meu caminho
Vou em busca de paz
E os sonhos corro atrás
Sigo fazendo o bem e esperando por melhores dias
Vivendo por ninguém e ilícito para a vida
A vida dos outros que só pensam em ser melhores
Jogando pela sorte e desesperados pela morte

Para saber o densenrolar da história, como aconteceu por de trás das letras, clique aqui
O poste foi enviado por mim para o hempadão e recebeu bastantes comentários de pessoas relatando fatos bem parecidos e também insentivando, desejando sorte e força para o autor, que por um mero acaso sou eu.

Frase do dia "É foda ser taxado de louco, vagabundo, mas como tudo deve ser" - Charlie Brown Júnior

em paz, Samuel Nascimento

4 Críticas:

  1. Lolinha disse...:

    Essa é a música que estava sendo criada no fatídico dia?

  1. Cifra ela meu.. ai ce manda pra mim.. Flw..

  1. as cifras sao C#m4 A4 E B4
    dps te mostro como é direitinho!

Postar um comentário

Expresse sua opinião

Visitantes online